domingo, 4 de outubro de 2009

Campanha Eleitoral em Gaia - Feira de Canidelo

Na Feira, Paulo Portas não estava lá, não. Andava por lá a coligação Gaia na Frente, onde o seu CDS está aglutinado. À frente, Menezes e o candidato Fernando Andrade. Não fosse pelo empenho e rapidez na distribuição de cumprimentos, e Menezes passava despercebido. A tal observação do Valentim Loureiro sobre o Marques Mendes ... E podemos dizer que Menezes passou mais tempo numa feira do que nas assembleias municipais, para onde destaca a 2ª linha. O foguetório estava montado, e nisso a máquina de propaganda de Menezes não falha. Brindes distribuídos, música, megafones, muitos apertos de mão (daqueles que só damos aos nossos melhores amigos, aos que consideramos como irmãos). A propósito do megafone, dizia o puto a outro: " Já fostes ali ...". Mário Dorminsky também andava em propaganda, isto tb é cultura. Como não me canso de dizer, mentem com os dentes todos: apesar do discurso da poupança, já chegaram panfletos pelo correio (ou empresa de distribuição contratada), outdoors do maior tamanho que por aqui se vê, os candidatos às juntas vão na 2ª lona diferente, uma super-revista também já foi distribuída, sedes de campanha para as juntas, os panfletos normais, ......... já agora, quem pagou os panfletos (não eram fotocópias) em A4, anónimos, onde noticiavam as palavras de Almeida Santos, sobre a obra de Menzes, ditas em pleno comício do PS???

O PS tinha claramente um défice de gente, tal como esta imagem o demonstra. Se nas legislativas tinha muito mais gente, hoje ficou a perder mesmo para o Bloco de Esquerda. Joaquim Couto não capta minguém, o que parece estranho para um deputado e antigo presidente camarário. Não se nota, não passa mensagem, não está à vontade. José Armando e mais alguns candidatos à assembleia de freguesia, nada mais. E ainda se deram ao trabalho de colocar aqui um video. Aventais e outros brindes faziam parte da ementa fraca que o PS tinha para oferecer.

2 comentários:

Francis disse...

Mais do mesmo...
É sempre assim.
Este país precisa duma vassoura gigantesca!!!

Um abraço!

Popper disse...

Vamos lá actualizar. Um abração.